Domingo, 17 de Janeiro de 2010

CASAS URRÓS - MOGADOURO

 
 

UM RETIRO RURAL NO PARQUE NATURAL DO DOURO INTERNACIONAL

 

As Casas Retiro de Urrós, localizam-se na aldeia de Urrós, Concelho de Mogadouro, distrito de Bragança, no coração do Parque Natural do Douro Internacional.

São compostas por duas casas, uma do tipo T2, a Casa do Poço, e outra do tipo T3, a Casa das Tulhas, e resultaram da reconstrução de uma casa típica da lavoura transmontana. A Casa das Tulhas deve o seu nome ao facto de aí existir um celeiro onde era guardado o trigo e conhecido na aldeia por as Tulhas. O nome da Casa do Poço deve-se ao facto de esta casa possuir no seu interior um poço que servia para abastecer a casa e alimentar os animais, sendo a água extraída manualmente com um balde preso a uma corda.

           As casa foram reconstruídas com materiais da região, pedra e madeira, tornando-as confortáveis e acolhedoras com vista ao bem estar do visitante.

 Exterior das casas, pedra e madeira, robustas e rudes como o Nordeste Transmontano. Na parte arredondada  funcionavam as tulhas, presentemente é uma sala que pode ser vista na foto abaixo

Sala comun com lareira e aquecimento central. Tecto em madeira.

 Quarto de casal com casa de banho privativa e aquecimento central. Neste espaço era guardado o feno que servia para alimentar o gado nos rigorosos invernos transmontanos. Dossel criado a partir de peça antiga de artesanato local.

 Quarto de casal com casa de banho privativa e aquecimento central. Neste espaço era guardada a palha sendo  aqui colocada do exterior através da  janela.Esta servia não só para alimentar o gado mas também para lhes  fazer cama que por sua vez produzia  estrume utilizável como adubo orgânico das terras.

A cozinha toda equipada. Neste espaço funcionava uma pocilga. A carne de porco e os deliciosos enchidos sempre fizeram parte da alimentação dos transmontanos e não havia família que não tivesse  pelo menos um porco para matar sendo a matança do porco um acontecimento muito apreciado e que perdura até aos dias de hoje.

 O museu. Este espaço é comum às duas casas. Aqui podem apreciar-se os mais variados artefactos relacionados com a história da região. Este é um espaço polivalente que serve para a realização de vários eventos sendo que a sua estreia foi com a realização do I Passeio  Turístico Todo o Terreno Douro Internacional, evento realizado em Maio de 2006, pelas Casas Retiro de Urrós em parceria com  a  Jipaventura sediada em Braga 

A pista ... Mil e uma aventuras ...

...e desventuras ...

Para retemperar forças ...Folar ... Sim ! ... O da Páscoa ! Presunto ... Pão e vinho e toca a caminho ...

A paisagem ... Simplesmente maravilhoso ...  O homen e a natureza em perfeita harmonia ...

O rio Douro ... Majestoso ...

Barragem de Bemposta . O Parque Natural do Douro Internacional ... O rio Douro a pesca e as amendoeiras ...

As refeições servidas pelas Casa Retiro... Tradicionais ... A soculenta e saborosa posta à mirandesa ... A vitela assada... Os enchidos... 

Gaiteiros de Urrós a actuar nas Casas Retiro. Os grandes mestres ... Henrique do grupo Lenga Lenga ( direita ) e o sempre único Tio Rito ... ( ao centro )

Pauliteiros de Sendim a actuar nas Casa Retiro. Depois de um jantar bem regional, uma grande festa regional... Gaiteiros e Pauliteiros fizeram as delícias da noite. Pedir mais seria quase um pecado ... Espero que goste!

RESERVAS E INFORMAÇÕES

e-mail: casasretirodeurros@gmail.com     

Para enviar um e-mail favor copiar e colar este endereço no seu e-mail.

tel: 914721775                                                     

                                                                                                       Amália Parra Pinto

publicado por casasdouro às 21:27
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Raquel a 20 de Janeiro de 2010 às 22:32
Este blog é fenomenal.
De Amália Pinto a 10 de Fevereiro de 2010 às 22:52
Obrigada! Serás sempre o meu primeiro comentário... Bj Amália Pinto
De Anónimo a 23 de Janeiro de 2010 às 16:44
Após consulta neste blog pensei!!! “olha que coisa tão bem conseguida”, pensando que a autoria pertencia a um ilustre desconhecido. Um trabalho destes exigia ser visto novamente, fi-lo e regalei os olhos perante o conteúdo das inúmeras fotos. Todas elas me fizeram recuar no tempo e rememorar mais uma vez alguns momentos e maravilhosos locais com que me familiarizo por os ter desfrutado presencialmente. À autora do elaboradíssimo trabalho, a genial e querida amiga Amália P. Pinto não digo aquilo que diria ao ilustre desconhecido que ao inicio falei, mas sim: “Amália o que aqui nos apresentas é a tua imagem de marca, algo feito à tua imagem, sem defeitos, ou melhor, com total perfeição”. Aos visitantes do blog e potenciais interessados do serviço apresentado só lhes digo para se perfilarem porque quem vai a Urrós quer lá voltar, porque será???? a resposta está nos fotogramas.
Beijo e abraço
Luís Marta
De Amália Pinto a 25 de Janeiro de 2010 às 17:16
Querido amigo Luís,
Fiquei sem fôlego com a magia do teu comentário…
É uma honra para mim receber tantos elogios e tomara estar à altura deles!
Tu foste, uma das fontes de inspiração deste e de futuros posts, por fazeres parte de tudo o que o Maravilhoso Nordeste representa para mim…
Obrigada!
Um beijo da muito amiga, Amália Pinto


De Luís Marta a 30 de Janeiro de 2010 às 18:50
Obrigado por me considerares fonte inspiradora, fico muito lisonjeado, mas a inspiração e a força do alento é de quem a tem e tu tens muita e prodigiosa.

Agradecido por divulgares a excelência e a beleza da nossa terra, como sabes gosto tanto dela como tu. Mas convêm esclarecermos os leitores de que gostamos dela não apenas por ser a nossa, mas também por ser bonita, apetecível e harmoniosa.
Beijo
De Ines a 24 de Janeiro de 2010 às 13:57
Já cá estive!
A casa é perfeita, é impossível transmitir por fotos o quão espantoso é o resultado do restauro.
O ambiente da aldeia é o transmontano no seu melhor!

Foi um óptimo fim-de-semana... A repetir!
De alicemarcos@gmail.com a 25 de Janeiro de 2010 às 22:00
Excelente! Excelente... adorei ver este trabalho, sei que não é de profissional, ainda tem mais valor. As casas já conheço e também são excelentes. A aldeia Urrós nem se fala.... Bj Alice Marcos
De aurora a 25 de Janeiro de 2010 às 22:29
Amália, está mt bem o blog. Fotos mt giras! Vou divulgar para tds os meus contactos! :)) Bjinhos. Lola
De Isabel a 27 de Janeiro de 2010 às 11:15
Aqui está um blog muito bem conseguido, que desperta a curiosidade sobre esse Portugal tão desconhecido para tanta gente! Faz falta este voltar às raízes e à nossa identidade como povo! Não há melhor motivo para uma visita... Parabéns!
De Maria do Carmo a 30 de Janeiro de 2010 às 20:23
Parabéns pelo blogue!
Continua este trabalho para divulgar a beleza e a riqueza cultural do nosso Nordeste Transmontano.
Beijinhos da sempre amiga,

Maria do Carmo
De Aquecimento Electrico a 10 de Fevereiro de 2010 às 16:04
Muito bom! Estou sem palavras! E fiquei com uma vontade enorme de ir ! Muitos parabéns pelo blog!
De Marcelo Correia a 22 de Outubro de 2011 às 01:47
Muito bonitas as fotos, os eventos, tudo, parabéns pelo teu trabalho! Não poderia deixar de comentar apesar do tempo passado do post. Minha família é de Urrós e não sabia que aí havia instalações, um dia gostava muito de conhecer! Sucesso
Marcelo Correia

Comentar post

.Reservas e Informações

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. CASA GUALTAR - CAMPUS UNI...

. ... PALAVRAS EM FLOR...

. APARTAMENTO CASA DA MÚSI...

. MIRANDA DO DOURO

. Rota da Terra Fria Transm...

. Alimentador de Abutres

. Abutres: Grifo e Abutre d...

. Cegonha Preta

. Percurso pedestre- Faia d...

. A Matança Tradicional do ...

. XI Festival de Sabores Mi...

. Amendoeiras em Flor - Mga...

. CASAS URRÓS - MOGADOURO

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.contador


contador visitante
blogs SAPO

.subscrever feeds